A capsulite adesiva do ombro, popularmente conhecida como ombro congelado, é uma doença que se caracteriza por dor e diminuição da mobilidade glenoumeral, de etiologia ainda desconhecida. Sabe-se sua causa está relacionada a grandes períodos de imobilidade desta articulação.

O diagnóstico clinico é muito importante, mas pode ser bastante tardio, pois a doença se confunde com muitas outras. Ela pode ser de uma causa primária (sem que seja decorrente de trauma) ou secundária (concomitante ou após outra patologia).

Os objetivos fisioterapêuticos principais com os pacientes acometidos pela CAO, serão diminuir a dor e restaurar a ADM do ombro. Por isso, é importante uma inspeção e exame físico minucioso, para que o diagnóstico seja diferencial e que através de condutas para diminuir a dor e mobilizações para aumentar a ADM, o paciente volte a ter um membro funcional em toda sua amplitude.